Instituto Cultural Flávio Gutierrez recebe Kaká Werá Jecupé no projeto Ampliando Horizontes, compondo a Primavera de Museus – 2015

0 Comentários

10/09/2015 às 15:13

O Instituto Cultural Flávio Gutierrez (ICFG) realiza uma série especial do projeto Ampliando Horizontes, promovendo, pela segunda vez, uma itinerância desta iniciativa pelos três museus sob gestão do Instituto. Nesta edição o convidado é o índio Kaká Werá Jecupé. Os encontros integram a  programação da 9ª Primavera de Museus, que ocorre em todo o país, tendo como tema “Museus e Memórias Indígenas”.  Os eventos ocorrem no dia 22 de setembro, no Museu de Artes e Ofícios (Belo Horizonte), em 23 de setembro, no Museu de Sant’Ana (Tiradentes); e, no dia 24 de setembro, no Museu do Oratório (Ouro Preto). Entrada Gratuita mediante inscrição prévia pelo link abaixo:

 

MO: http://goo.gl/forms/bZ9BukH2N2

 

MAO: http://goo.gl/forms/CQMIPrfkAe

 

MUS: http://goo.gl/forms/gFawO9s575

 

O índio de origem tapuia Kaká Werá Jecupé abordará o tema “Encontros e Reencontros – Museus e Memórias Indígenas”, levando em conta que o Brasil ancestral já era uma terra de “mil povos” com inúmeras maneiras de conceber a realidade física e outros níveis da realidade através de suas filosofias e cosmovisões. Ele explica que “ao contrário do que é dito na história oficial, esses povos deixaram saberes complexos e profundos sobre o ser e sobre a natureza e edificaram sistemas comunitários de vida, medicinais, comportamentos e filosofia”.

 

Essa é a segunda participação de Kaká Werá Jecupé no Ampliando Horizontes. Em setembro de 2008,  também durante a Primavera de Museus, ele participou da 2ª edição do Projeto e conversou com o público sobre o tema “Diversidade – Encontros e Reencontros entre culturas”. “Os presentes puderam saborear – lembrando que o termo “saber” guarda estreita relação com a palavra sabor – um encontro com o universo desse importante representante da cultura indígena, que envolveu a todos numa deliciosa viagem pelas suas origens, povos e sua forma de relacionar com o todo que nos envolve”, relembra Naila Mourthé, coordenadora do setor educativo do Museu de Artes e Ofícios. 

 

Ampliando Horizontes

Essa é a segunda participação de Kaká Werá Jecupé no Ampliando Horizontes. Em setembro de 2008,  também durante a Primavera de Museus, ele participou da 2ª edição do Projeto e conversou com o público sobre o tema “Diversidade – Encontros e Reencontros entre culturas”. “Os presentes puderam saborear – lembrando que o termo “saber” guarda estreita relação com a palavra sabor – um encontro com o universo desse importante representante da cultura indígena, que envolveu a todos numa deliciosa viagem pelas suas origens, povos e sua forma de relacionar com o todo que nos envolve”, relembra Naila Mourthé, coordenadora do setor educativo do Museu de Artes e Ofícios. 

 

MAO

Para manutenção de suas atividades, o Museu de Artes e Ofícios conta com o patrocínio máster da Oi, o patrocínio da Gerdau, do Itaú e Cemig e o apoio do Instituto Oi Futuro, Hospital Mater Dei, CBMM, CBTU, Marcarenhas Barbosa e Roscoe, CCR e Prefeitura Municipal de Belo Horizonte, e com os benefícios das Leis Federal, Estadual e Municipal de Incentivo à Cultura.

 

Serviço

 

Ampliando Horizontes / especial Primavera de Museus –  com o índio Kaká Werá Jecupé

 

Tema: “Encontros e Reencontros – Museus e Memórias Indígenas”

 

Dias/Horários: 

 

22 de setembro, terça-feira, às 19h30, no Museu de Artes e Ofícios – Praça da Estação, 600 – BH 

Inscrições pelo site www.mao.org.br

 

23 de setembro, quarta-feira, às 19h30 – no Museu de Sant’Ana – Rua Direita, 93, Tiradentes

Inscrições pelo site www.museudesantana.org.br

 

24 de setembro, quinta-feira, às 18h30, no Museu do Oratório –  Adro da Igreja do Carmo, 28, Ouro Preto

Inscrições pelo site www.museudooratorio.org.br

 

 



Envie seu Comentário

Seu email não será divulgado. Os campos marcados com * são obrigatórios.

+ 80 = 82