Oratório Pingente – MO 002
Oratório-Pingente originário de Diamantina/MG, presumivelmente executado por ourives português, datável entre final do século XVIII e início do XIX. Objeto confeccionado em ouro fundido, possuindo decoração em filigrana.
 
Oratório Bala – MO 024
Oratório originário de Minas Gerais, datável da segunda metade do século XIX. Objeto confeccionado em madeira entalhada, recortada e policromada.
 
Oratório Bala – MO 022
Oratório em formato bala, originário da região Nordeste do Brasil, datável do século XIX. Objeto confeccionado em madeira recortada e torneada, apresentando policromia e ornatos em papel colado. Colagem compondo cercadura grega em padronagem floral.
 
Oratório Bala – MO 021
Oratório popular, em formato bala, originário da região Nordeste do Brasil, datável da segunda metade do século XVIII. Objeto confeccionado em madeira recortada e entalhada, apresentando policromia e leve douramento. Tons predominantes em vermelho, amarelo, preto, azul e laranja. Compõe conjunto com três esculturas, provavelmente naturais ao oratório, confeccionadas pelo mesmo santeiro.
 
Oratório Bala – MO 020
Oratório popular, em formato bala, originário do Nordeste do Brasil, datável do século XIX. Objeto confeccionado em madeira recortada, apresentando policromia e leve douramento. Compõe conjunto com três esculturas.
 
Oratório Bala – MO 019
Oratório em formato bala, originário do Nordeste do Brasil, datável do século XIX. Objeto confeccionado em madeira recortada e policromada. Ganchos e dobradiças de ferro. Policromia predominante em azul, verde, amarelo, vermelho e preto.
 
Oratório Bala – MO 018
Oratório de algibeira, em formato bala, originário de Minas Gerais, datável da primeira metade do século XX. Objeto confeccionado em bala de cartucheira feita com latão. Crucifixo de chumbo.
 
Oratório Bala – MO 016
Oratório de algibeira, em formato bala, originário de Minas Gerais, datável da segunda metade do século XIX. Objeto confeccionado em madeira torneada, contendo duas (02) partes que se encaixam através de sobreposição.
 
Oratório Bala – MO 014
Oratório em formato bala, originário da região Nordeste do Brasil, datável entre o final do século XVIII e início do XIX. Objeto confeccionado em madeira recortada, torneada e policromada. Policromia predominante em verde, amarelo, vermelho, preto, azul e branco.
 
Oratório Bala – MO 013
Oratório em formato bala, originário da região Nordeste do Brasil, datável do século XVIII. Objeto confeccionado em madeira recortada e torneada, possuindo policromia e leve douramento. Nove esculturas de pequenas dimensões, confeccionadas em madeira, coladas ao oratório, formando conjunto. Consoles recortados em curvas e contra curvas. Oratório compondo conjunto com nove (09) esculturas religiosas, em miniatura, feitas pelo mesmo santeiro.
 
Oratório Bala / Algibeira – MO 015
Oratório de algibeira, em formato bala, originário de Minas Gerais, datável do século XIX. Objeto confeccionado em madeira recortada e torneada, sem policromia. Oratório que pode ser usado em viagem ou domesticamente em alcova.
 
Oratório de Esmoler – MO 025
Oratório portátil, tipo esmoler, originário de Minas Gerais, datável de fins do século XVIII e início do XIX. Objeto em três (03) partes avulsas que se encaixam, confeccionado em madeira recortada e entalhada, apresentando policromia e resquícios de douramento. Policromia com presença de marmorizado. Repintura cobrindo o douramento original. Caixa compondo uma espécie de cofre. Ferragens laterais, que indicam um sistema de fechadura danificado.
 
Oratório de Viagem / Altar Portátil – MO 036
Altar portátil, originário de Minas Gerais, datável do século XVIII. Objeto confeccionado em madeira entalhada e recortada, com policromia e douramento. Mãos francesas para apoio. Douramento a base de folha de ouro, possuindo esgrafito e punções.
 
Oratório de Esmoler – MO 035
Oratório portátil, tipo esmoler, originário de Minas Gerais, datável da segunda metade do século XVIII. Objeto composto por três blocos confeccionados em madeira recortada, entalhada e policromada. Imagens em um só bloco. Policromia com presença de carnação e estofamento. Douramento com folha de ouro, apresentando esgrafito. Folha de prata (com oxidação). Ferragens compostas por dobradiças e argola para dependurar. Anteparo de vidro.
 
Oratório de Esmoler – MO 034
Oratório portátil, tipo esmoler, originário de Minas Gerais, datável entre final do século XVIII e início do XIX. Objeto confeccionado em madeira recortada e entalhada, com policromia e resquícios de douramento. Policromia com presença de carnação. Pintura a têmpera de camada grosseira.
 
Oratório de Esmoler – MO 032
Oratório portátil, tipo esmoler, originário de Minas Gerais, datável do século XIX. Objeto confeccionado em chapa de ferro batido. Correia de couro. Dobradiças de ferro.
 
Oratório de Esmoler – MO 030
Oratório portátil, tipo esmoler, originário de Diamantina, datável do século XIX. Objeto confeccionado em chapa de ferro batido, possuindo madeira sobre a base. Correia de couro não original.
 
Oratório de Esmoler – MO 029
Oratório portátil, tipo esmoler, originário de Minas Gerais, datável do século XIX. Objeto confeccionado em madeira recortada, contendo a presença de colagem, cravos e encaixes. Presença de ferragens ornamentadas e dobradiças.
 
Oratório de Esmoler – MO 027
Oratório portátil, tipo esmoler, originário de Minas Gerais, datável do século XVIII. Objeto confeccionado em madeira recortada e policromada. Pitões tipo puxador para encaixe de alça de couro. Policromia predominante em azul e vermelho.
 
Oratório de Arte Conventual – MO 052
Oratório de arte conventual originário da Bahia, datável do século XX. Objeto confeccionado por caixa de papelão coberta por papel camurça rosa. Papel laminado, rendilhado em laçaria e paetês coloridos. Impresso colado. Anteparo de vidro.
 
Oratório de Arte Conventual – MO 051
Oratório de arte conventual originário da Bahia, datável do século XX. Objeto confeccionado por caixa de papelão coberta por papel avermelhado e laminado prateado. Rendilhado em laçaria e paetês coloridos. Impresso colorido recortado e colado. Anteparo de vidro.
 
Oratório de Arte Conventual – MO 050
Oratório de arte conventual originário da Bahia, datável do século XX. Objeto confeccionado em compensado de madeira coberta por papel laminado dourado. Rendilhado em laçaria e paetês coloridos e recorte. Impresso preto e branco colado. Anteparo de vidro.
 
Oratório de Arte Conventual – MO 049
Oratório de arte conventual originário da Bahia, datável do século XX. Objeto confeccionado em madeira recortada e torneada, com colagens feitas em tecido bordado e rendilhado, papel laminado e recorte pictórico. Impressos em preto e branco e colorido, recortados e colados. Anteparo de vidro.
 
Oratório de Arte Conventual – MO 048
Oratório de arte conventual originário da Bahia, datável do século XX. Objeto confeccionado em caixa de papelão. Caixa forrada por papel dourado, possuindo ornatos em flores de pano e papel laminado desfiado. Papel duplamente facetado, sendo laminado e texturizado em uma face e neutro na outra, forrando a moldura. Impresso colorido colado. Anteparo de vidro.
 
Oratório de Viagem / Altar Portátil / Arca – MO 071
Altar portátil originário de Minas Gerais, datável entre o final do século XVIII e início do XIX. Objeto confeccionado em madeira, formando uma arca que se abre para compor um altar portátil. Policromia diversificada com representações pictóricas, possuindo tons em azul, amarelo, marrom, vermelho, preto, verde e ocre. Apresenta acabamento conectivo interno, que é, por sua vez, feito por encaixe e ferragens compostas por cravos, pregos, ganchos e dobradiças.
 
Oratório Bala – MO 254
Oratório originário de Minas Gerais, datável da segunda metade do século XVIII. Objeto confeccionado em madeira entalhada e torneada, apresentando policromia e douramento. Pintura chinoiserie. Presença de ferragens.
 
Oratório Bala – MO 255
Oratório originário de Minas Gerais, datável do século XIX. Objeto confeccionado em bala de cartucheira feita em latão. Imagem em metal de tonalidade amarela, provavelmente latão, colada ao oratório.
 
Oratório de Arte Conventual – MO 256
Oratório de arte conventual originário da Bahia, datável do século XX. Objeto confeccionado por caixa de papelão coberta por papel camurça avermelhado. Recortes rendilhados. Paetês coloridos. Santinho impresso colado. Anteparo de vidro.
 
Oratório de Arte Conventual – MO 055
Oratório de arte conventual originário da Bahia, datável do século XX. Objeto confeccionado em caixa de papelão e vidro. Papel laminado recortado. Papel camurça avermelhado. Impresso recortado e colado. Armações em aramados finos.
 
Oratório de Arte Conventual – MO 054
Oratório de arte conventual originário da Bahia, datável do século XX. Objeto confeccionado por caixa de papelão coberta por papel camurça rosa. Papel laminado, rendilhado em laçaria e paetês coloridos. Três impressos colados. Anteparo de vidro.
 
Oratório de Arte Conventual – MO 053
Oratório de arte conventual originário da Bahia, datável do século XX. Objeto confeccionado por caixa de compensado de madeira e papelão, coberta por papel camurça rosa. Papel laminado e paetês coloridos. Impresso colorido colado. Anteparo de vidro.
 
Oratório de Arte Conventual – MO 257
Oratório de arte conventual originário da Bahia, datável do século XX. Objeto confeccionado por caixa de papelão coberta por papel camurça avermelhado. Recortes rendilhados. Paetês coloridos. Santinho impresso colado. Anteparo de vidro.
 
Oratório de Salão-Bala – MO 072
Oratório de salão, em formato bala, originário da Bahia, datável entre o final do século XIX e início do XX. Objeto confeccionado em madeira recortada e entalhada, apresentando policromia. Oratório com esmoleiro colado sob a base, possuindo gaveta-cofre. Suporte para colocação de livro. Dobradiças de ferro. Acabamento conectivo feito por colagens, cravos, encaixes e pinos. Compõe conjunto com um crucifixo e seis (06) esculturas religiosas, confeccionadas pelo mesmo santeiro.
 
Oratório Bala – MO 190
Oratório originário de Minas Gerais, datável do século XVIII. Objeto confeccionado madeira recortada e entalhada, possuindo policromia e douramento. Presença de imagens em madeira, parafusadas nos nichos laterais, sendo à direita do espectador São José de Botas (MO 190.2) e à esquerda Sant`Ana Mestra (MO 190.1), sendo ambas executadas pelo mesmo santeiro, para tal oratório.
 
Oratório Bala – MO 216
Oratório originário de Minas Gerais, datável entre fins do século XVIII e início do XIX. Objeto confeccionado em madeira recortada e entalhada, apresentando policromia e douramento. Policromia com predominância do azul, branco, vermelho e verde. Douramento feito com folhas de ouro. Dobradiças de ferro. Ferrolho interno à esquerda do espectador na parte de baixo. Parte frontal da área interna encaixada. Acabamento conectivo feito por encaixes, colagens, cravos e pregos.
 
Oratório Bala – MO 056
Oratório originário do Nordeste do Brasil, datável do século XIX. Objeto confeccionado em madeira recortada, entalhada, torneada e policromada. Dobradiças e ganchos de ferro. Policromia predominante em azul claro, vermelho terra, vermelho, verde, amarelo, marrom e preto em gradação. Esculturas intrínsecas ao oratório, entalhados na própria madeira, exceto a imagem de Cristo, que está pregada e colada a cruz.