sábado, 04 d julho d 2015 - Aberto de 12H00 às 21H00
18H30 - 19H30

Série de Concertos do Museu do Oratório recebe flautista e harpista em julho

0 Comentários

04/07/2015 às 18H30

O Museu do Oratório recebe, no dia 4 de julho, sábado, a flautista Cássia Lima e a harpista holandesa Giselle Boeters para sua Série de Concertos. As apresentações acontecem às 18h30 nas dependências do Museu. Os ingressos são vendidos a R$10,00 na portaria da Instituição, a partir do dia 1º de julho. Estudantes e idosos pagam meia entrada. Mediante apresentação de comprovante de endereço, moradores de Ouro Preto não pagam ingresso.

O concerto, com programa diversificado, traz a Ouro Preto obras de compositores do período do Classicismo até o século XX. Entres eles, Mozart, de origem austríaca, Fauré, francês e Piazzola, argentino. “Cada música tem uma linguagem, ou estilo, apropriados para sua época e lugar. Portanto, o público não vai ficar entediado”, conta a flautista Cássia Renata Lima, que se apresenta pela segunda vez no Museu. “Ter a oportunidade de me apresentar no Museu do Oratório é um privilégio. A acústica é ótima e muito agradável, tanto para os músicos quanto para o público”, completa.

As artistas
Cássia Lima, mineira de Extrema, é bacharel em Flauta pelo Instituto de Artes da Unesp. Participou dos principais festivais de música do País, como Oficina de Música de Curitiba, Festivais de Inverno de Campos do Jordão e Juiz de Fora. Foi bolsista da Fundação Vitae durante os anos de estudo na Mannes College of Music em Nova York, onde concluiu os cursos de Mestrado e Artist Diploma. Participou de masterclasses com grandes nomes da flauta, como Michael Parloff, Elisabeth Rowe, William Bennett, Judith Mendenhall, Jeffrey Khaner e Emmanuel Pahud.

Vencedora de prêmios no exterior, voltou ao Brasil e foi primeira flauta da Orquestra Sinfônica do Estado de São Paulo, Osesp, onde também atuou como solista. Participou da I Oferenda Musical de São Paulo e foi professora da Oficina de Música de Curitiba. Atualmente, atua como camerista do Quinteto de Sopros da Filarmônica de Minas Gerais e participa de diversos grupos camerísticos. Integra a Orquestra Filarmônica de Minas Gerais, como primeira flauta, desde 2009, onde também participa como solista.

Giselle Boeters é holandesa e iniciou seus estudos na música com o pai, Gerard Boeter, ao piano. Estudou no Conservatório de Música de Amsterdam e na Academia de Música Hanns Eisler de Berlim, onde graduou-se. Teve masterclasses com harpinistas renomados como Isabelle Moretti, Susann Mc Donald e Catherine Michel, entre outros. Recebeu vários prêmios em competições na Holanda e em outros países da Europa.

Depois de trabalhar em orquestras sinfônicas holandesas, Giselle fez várias apresentações como solista em grupos de música de Câmera. Como professora de harpa, trabalhou em Berlim, em uma escola para músicos jovens. Mora em Belo Horizonte, desde julho de 2012, quando foi convidada pela Orquestra Filarmônica de Minas Gerais para ser harpista principal. Em maio de 2013, Giselle estreiou um novo concerto para harpa e orquestra escrito pelo compositor Daniel Binelli.

Série de Concertos no Museu do Oratório
A Série de Concertos no Museu do Oratório acontece mensamente e, em 2015, completa 15 anos, proporcionando aos visitantes e moradores de Ouro Preto uma excelente oportunidade de contato direto com o acervo do Museu, além de raros e belos espetáculos de música erudita com músicos reconhecidos e repertório variado. A Série de Concertos no Museu do Oratório é realizada pelo Instituto Cultural Flávio Gutierrez e pelo Museu do Oratório, com patrocínio da Gerdau, Oi e Cemig, pelas Leis Federal e Estadual de Incentivo à Cultura, com apoio do Oi Futuro.

Ingressos: R$10 (inteira) e R$5 (meia para estudantes e idosos). Moradores de Ouro Preto com comprovante de residência têm entrada gratuita.

Ingressos disponíveis na portaria do Museu a partir de 01/07.


Envie seu Comentário

Seu email não será divulgado. Os campos marcados com * são obrigatórios.

8 + 2 =