Exposição Rio Museu Nacional de Belas Artes
 

A importância da coleção de oratórios é reconhecida em todo o mundo, o que leva o Museu a ser freqüentemente convidado a expor seu acervo em eventos nacionais e internacionais de grande expressão. Desde a primeira mostra, intitulada Objetos de fé: oratórios brasileiros – ocorrida inicialmente no Rio de Janeiro, em 1991, antes mesmo da criação do Museu do Oratório, tal coleção participou de uma série de exposições, propiciando a fruição deste patrimônio cultural brasileiro em diversas partes do mundo. Na tentativa de ampliar as condições de acesso do público ao seu acervo, o Museu do Oratório desenvolveu um sólido programa de difusão cultural, que buscou a contínua participação em mostras, tal como a proposição de exposições itinerantes no Brasil e no exterior.

 

Exposições da coleção antes da criação do Museu do Oratório.

 

  • Exposição “Objetos da Fé: oratórios brasileiros”. Casa França Brasil, Rio de Janeiro/Brasil, 1º a 30 de Setembro de 1991.
  • Exposição “Objets de Foi: oratoires brésiliens”. Sede da UNESCO, Paris/França, 1993.
  • Exposição “Objectos da Fé: oratórios brasileiros”. Museu de São Roque, Lisboa/Portugal, 07 de março a 17 de junho de 1994.
  • Exposição “Objetos de Fe: oratorios brasileños”. Museu de Artes Decorativas Casas de lo Matta, Santiago/Chile, 18 de novembro a 11 de dezembro de 1994.
  • Exposição “Objetos de Fe: oratorios brasileños”. Museu de Arte Contemporânea de Caracas Sofía Imber, Caracas/Venezuela, 05 de julho a 20 de agosto de 1995.
  • Fórum das Américas. Palácio da Liberdade, Belo Horizonte/Brasil, 1997.
  • Exposição “Brèsil: pays baroque”. Louvre, Paris/França 1998 (exposição exibida durante a Copa do Mundo), 15 a 28 de junho de 1998.

 

Exposições da coleção depois da criação do Museu do Oratório

 

  • Exposição “Entre Ciel Et Terre: Brésil Baroque”. Musée du Petit Palais, Paris / França, 1º de novembro de 1999 a 27 de fevereiro de 2000.
  • Exposição “Oggetti di Fede: tabernacoli brasiliani”. Pallazzo Bricherasio, Torino/Itália, 21 de setembro a 10 de outubro de 2001.
  • Exposição “Opulence and Devotion: Brazilian Baroque Art”. Ashmolean Museum of Oxford University, Oxford/Inglaterra, 25 de outubro de 2001 a 03 de fevereiro de 2002.
  • Exposição “Negras Memórias, Memórias de Negros: o imaginário luso-brasileiro e a herança da escravidão”. Galeria de arte do SESI, São Paulo/Brasil, 24 de fevereiro a 13 de julho de 2003.
  • Exposição “Negras Memórias, Memórias de Negros: o imaginário luso-brasileiro e a herança da escravidão”. Palácio das Artes, Belo Horizonte/Brasil, 21 de outubro a 30 de novembro de 2003.
  • Exposição “SP 450 – Entre Lembranças e Utopias”, Museu de Arte Brasileira – MAB/FAAP, São Paulo/Brasil, abril a junho de 2004. Exposição comemorativa integrada às programações que marcaram os 450 anos da fundação da cidade de São Paulo.
  • Exposição “Objetos da Fé: oratórios brasileiros”. SESC São Paulo nas cidades paulistas de Ribeirão Preto, Taubaté, Bauru, Catanduva e Capital de São Paulo, junho a dezembro de 2004.
  • Exposição “Brèsil: l`hèritageafricain”. Musée Dapper, Paris/França, 22 de setembro de 2005 a 26 de março de 2006.
  • Exposição “A Beutiful Horizont: the arts of Minas Gerais / Brazil”. Galeria do Centro Cultural do BID, Washington/EUA, 21 de março a 12 de maio de 2006.
  • Exposição “Aleijadinho e seu Tempo: Fé, Engenho e Arte”. Centro Cultural do Banco do Brasil, Rio de Janeiro/Brasil, 14 de outubro de 2006 a 11 de fevereiro de 2007 (comemoração do 17º aniversário da instituição).
  • Exposição “Aleijadinho e seu Tempo: Fé, Engenho e Arte”. Centro Cultural do Banco do Brasil, Brasília/Brasil, 12 de março a 10 de junho de 2007.
  • Exposição “Aleijadinho e seu Tempo: Fé, Engenho e Arte”. Centro Cultural do Banco do Brasil, São Paulo/Brasil, 28 de julho a 14 de outubro de 2007.
  • Exposição “Objetos da Fé: oratórios brasileiros”. Espaço de Arte Pitágoras, Belo Horizonte/Brasil, 19 de outubro de 2008 a 29 de março de 2009.
  • Exposição “Bem do Brasil – Patrimônio Histórico Brasileiro”. Local: Palácio do Planalto, Brasília/Brasil, 30 de setembro a 15 de novembro de 2010.
  • Exposição “Bem do Brasil – Patrimônio Histórico Brasileiro”. Paço Imperial, Rio de Janeiro/Brasil, 10 de dezembro de 2010 a 20 de fevereiro de 2011. 
  • Exposição “Terra Brasilis”. ING Cultural Center, Bruxela / Bélgica, 19 de outubro de 2011 a 12 de fevereiro de 2012.
  • Exposição “Oratorios Brasileños: arte y história en los objetos de Fe”. Centro Cultural Metropolitano, Quito/Equador, 19 de dezembro de 2013 a 17 de março de 2013.
  • Exposição “Oratórios: relíquias do Barroco Brasileiro”. Museu Nacional de Belas Artes, Rio de Janeiro/Brasil, 10 de julho a 18 de agosto de 2013.
  • Exposição “Oratórios: relíquias do Barroco Brasileiro”. Antiga Cadeia de Tiradentes, Tiradentes/Brasil, 24 de agosto a 15 de setembro de 2013.
  • Exposição “Oratórios: relíquias do Barroco Brasileiro”. Museu Paulo Setúbal, Tatuí/Brasil, 27 de setembro a 27 de outubro de 2013.
  • Exposição “Oratórios: relíquias do Barroco Brasileiro”. Museu de Artes e Ofícios. Belo Horizonte/Brasil, 11 de novembro de 2013 a 30 de março de 2014.

 

Histórico das Exposições


Não há eventos registrados